Rendimento bruto e rendimento líquido

 
Quando avaliamos qualquer tipo de investimento seja ele financeiro, imobiliário, ou outro qualquer sempre destacam o rendimento obtido, porém muitos não explicitam se tal rendimento é bruto ou líquido.
 
calculator-385506_1280

Tomando como exemplo o investimento em um imóvel com objetivo de alugá-lo, o rendimento bruto será dado pela razão entre a renda obtida do investimento (aluguel) e o montante investido na aquisição do imóvel. Supondo que iremos investir R$ 450.000 na aquisição de um apartamento cujo o aluguel mensal é de R$ 2.700,00, o rendimento bruto mensal será 0,60% a.m..
 
Será que mensalmente os R$ 2.700,00 irão para o nosso bolso para serem reinvestidos ou gastos como desejarmos? Provavelmente não. Como veremos no quadro abaixo, existem algumas despesas relevantes que deverão ser consideradas para a determinação da renda líquida.
 
 
Gastos
Percentual da renda anual
Montante gasto anualmente
Comissão da corretora
10%
3.200,00
Imposto de renda
27,5%
8.030,00
Manutenção do imóvel
2%
648,00
Condomínio e taxas extras
6%
1944,00
IPTU
5%
1620,00
TOTAL
 
15.442,00
 
 
Subtraindo-se da renda bruta anual (R$ 32.000) as despesas com o apartamento (R$ 15.442), teremos uma renda líquida de R$ 16.958. Seguindo o conceito de rendimento, teremos um rendimento líquido igual a 0,38%. Algumas despesas poderão ser minimizadas, este é o principal trabalho de quem investe em imóveis com objetivo de obter renda de aluguel. O proprietário do imóvel poderá dispensar a corretora para administrar os imóveis, o IPTU poderá ser pago pelo inquilino, o imóvel poderá ter baixa taxa de vacância dispensando o proprietário de pagar o condomínio, etc.
 
Enfim, ao se avaliar qualquer tipo de investimento, o que realmente importa é o rendimento líquido, o seja, o quanto da renda, livre de despesas, vai efetivamente  parar no nosso bolso.
 

Comentários

  1. Mais um ótimo artigo! Tenho bastante interesse em investimentos em imóveis, estou sempre acompanhando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Investidor Por Acaso.

      Obrigado. Sinta-se a vontade para discutir sobre o assunto.

      Excluir
  2. Com certeza um excelente post! Parabens! Eu e o Aposentando Jovem estavamos conversando sobre isso! Eu invisto em imóveis e brigo para aumentar minha % de retorno, dispenso imobiliárias, sobre IR nao vou comentar, condominio e IPTU quem paga sao os inquilinos.. (dependendo do acordo claro) agora tem outros gastos... Eu foco em um retorno de 1,3 - 1,5 % a.m para entao na verdade chegar 1%

    abraco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Giga.

      Pelo que percebo, você pretende alcançar um rendimento liquido de 1%. É uma meta bem ousada nos dias atuais, ainda mais se calcular o rendimento de aluguel considerando os preços dos imóveis nas alturas.

      Espero que alcance sua meta.

      Bons investimentos.

      Excluir
  3. Olá!

    Conforme prometido disponibilizei hoje a linha de tempo da blogosfera financeira. Seu blog está no estudo. Passe lá depois para ver se está tudo certo.

    http://abacusliquid.com/blogosfera/finansfera-timeline/

    Um bom fds!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Fica a critério do administrador do blog GERAÇÃO 65 excluir comentários considerados ofensivos ou que contenham palavras de baixo calão.

Postagens mais visitadas deste blog

Me preparando para o desafio

Carteira G65 Imóveis 2015: (+7,83%)

Carteira G65 Imóveis 2014: (+8,03%)