Me preparando para o desafio


Abrir um negócio próprio é algo que sempre me seduziu – traçar meu próprio destino, criar estratégias, gerenciar riscos, controlar o fluxo de caixa e ver o negócio prosperar após alguns meses ou anos. Tudo isto não deve ser nada fácil, porém, estes desafios não me desanimam.

Conversando com amigos sobre a idéia de abrir um negócio muitos afirmaram:

- Não quero nem saber disto, dá muito trabalho e é muito arriscado.

Outros acham uma excelente idéia e sonham em ter um negócio próprio:

- Um dia, quem sabe. Vou montar isto, aquilo, ganhar tanto…

Para mim ficou evidente a existência de dois grupos: o grupo das pessoas que simplesmente näo desejam montar um negócio próprio e o grupo das pessoas que sonham, mas apenas sonham em construir um negócio.

Entre o sonho e a decisão de levá-lo adiante, transformando-o em meta, existe um longo caminho à ser percorrido. Sendo assim, há a existëncia de um terceiro grupo de pessoas, o grupo dos empreendedores. Este é um grupo muito pequeno quando comparado aos outros dois grupos.

Empreendedorismo é um assunto cativante, gostoso de discutir, mas todo o romantismo se esfacela quando se parti para a ação. Com certeza nem todos as pessoas são empreendedoras e portanto, decidem ficar apenas no discurso. Mas quem realmente quer transformar o sonho em meta está decidindo sobretudo mudar o estilo de vida, vender a idéia para a família, procurar empreendedores mais experientes, estudar e várias outras ações.

E o frio na barriga? É uma constante. Acredito que o medo nos protege de cometer grandes bobagens. Afinal, quem quer perder anos de economia em algo muito mau planejado?


Tecnologia do Blogger.