Postagens

Mostrando postagens de Março, 2016

Quebrei antes de iniciar o negócio

Imagem
Na década de 90, ter uma linha telefônica residencial ou comercial não era para qualquer um. Era um patrimônio tão valorizado quanto carro ou residência. Para ter o direito a uma linha era necessário cumprir uma maratona hercúlea: aguardar a prefeitura lançar um número limitado de linhas; dormir em filas enormes para se cadastrar; e se contemplado, dar um sinal e parcelar o restante do valor em trinta e tantos meses e por fim, aguardar a instalação. O quadro era um prato cheio para o surgimento de um mercado paralelo. Eram muitas linhas comerciais e residenciais que este mercado oferecia. O preço? Algo como US$ 2.000 ou até mais. E se alguém precisasse urgentemente de uma linha e não tivesse capital ou interesse em se aventurar no paralelo? A opção era alugar a linha. Aluguel de linhas telefônicas? Ótimo negócio! Raspei a minha poupança e fui adquirir uma linha, no mercado paralelo mesmo. Parcelei o valor da linha em cinco vezes dando um sinal e quatro cheques pré-datados. Nossa, a …

Gosto muito de dinheiro

Imagem
Certa vez, alguns amigos resolveram fazer uma reunião em minha casa para jogar conversa fora e tocar um pouco de violão. Era uma calorenta tarde de domingo em uma pequena cidade interiorana. Lembro-me que eu não estava nem um pouco a fim de sair e, portanto, bater um bom papo para encerrar a tarde se mostrava uma excelente pedida.
Neste dia, no período da manhã, eu havia lido alguns capítulos de um livro sobre finanças pessoais e por algum motivo acabei esquecendo-o sobre o sofá. Horas depois, antes que eu o percebesse ali, com as páginas escancaradas, a companhia tocou, era Carlos e seu inseparável violão. Quando se deparou com o livro foi logo me questionando:

- Ei, você gosta de dinheiro, não é?

- Sim, gosto de dinheiro e de muito dinheiro. Havia Respondido prontamente, sem titubear.

- E você? Gosta de dinheiro? Responda apenas sim ou não.

Carlos imediatamente começou a expor suas convicções a respeito do dinheiro, coisas como: dinheiro não é tudo na vida, dinheiro não traz felicidade, …

Brevemente um novo imóvel na carteira – MO506

Imagem
Em 2018 um novo imóvel irá compor a carteira de imóveis G65. Trata-se de um apartamento de 70 m2, situado em uma região nobre da cidade. O bairro apresenta ótimas características como:
Fácil deslocamento para qualquer ponto da cidade seja de carro ou ônibus. Próximo a grandes redes de supermercados. Muito próximo ao centro da cidade. A região apresenta ótimos bares e restaurantes e outras opções de lazer.
O imóvel foi comprado na planta em 2012, porém, em 2014 é que a construção começou a deslanchar. O regime adotado é o de condomínio onde os condôminos assumem o gasto com a construção.
Neste momento a obra encontra-se no ponto onde cada condômino tem a liberdade de modificar a sua unidade como bem desejar, obviamente obedecendo a estrutura básica de maneira a não comprometer a estabilidade do prédio. Todas as modificações desejadas são submetidas à equipe técnica da construtora para avaliação. Creio que a maioria dos condôminos não modificou o projeto básico, porém, já comprei pensando…